Historial

O Laboratório Veterinário de Montemor-o-Novo (LVM) iniciou a sua atividade em Abril de 1993, com o diagnóstico serológico da brucelose bovina, ovina e caprina.

 
Posteriormente, passou a efetuar diagnóstico serológico da Peripneumonia Contagiosa Bovina e da Leucose Enzoótica Bovina numa região que engloba seis Concelhos na sua totalidade: Alcácer do Sal, Arraiolos, Évora, Montemor-o-Novo, Vendas Novas e Viana do Alentejo. Diagnóstico da Doença de Aujeszky (em suínos) em várias regiões do País na região Alentejo.
 
Atualmente, o laboratório efectua os diagnósticos serológicos da Brucelose animal, da Leucose Enzoótica Bovina e da Doença de Aujeszky.
 
O LVM está acreditado http://www.ipac.pt/pesquisa/ficha_lae.asp?id=L0538 pelo IPAC desde 11 de Julho de 2011, para os seguintes ensaios:
  • Pesquisa de anticorpos anti-Brucella (Rosa de Bengala) em soro animal;
 
  • Pesquisa de anticorpos anti-Brucella (Fixação do Complemento) em soro animal;
 
  • Pesquisa de anticorpos para o vírus da Leucose Bovina Enzoótica (BLV) por ELISA bloqueio em soro bovino;
 
  • Pesquisa de anticorpos gE para o vírus da Doença de Aujeszky por ELISA de bloqueio em soro suíno;
 
A acreditação do laboratório pelo normativo europeu EN ISO/IEC 17025:2005 permite o seu reconhecimento como laboratório oficial para os ensaios para o qual está acreditado (Regulamento CE 882/2004 artigo 12º) 
 
O LVM presta serviço nas áreas de Patologia e Parasitologia e é parceiro de outros laboratórios quer através da intermediação de serviços laboratoriais, quer no desenvolvimento de trabalhos de índole técnica ou científica.
CASADAPAGINA - Soluções Web @ 2012